Comissão de saúde debate em audiência pública sobre a Chikungunya

Na última segunda-feira (28/09), a sala do Conselho Pleno foi palco de audiência pública sobre a Chikungunya, realizada pela Comissão de Saúde da OAB-CE. O objetivo foi tratar de termos mais técnicos, como dados e relatórios que deram um panorama da situação dos casos de Chikungunya no Ceará. Ao final, foram realizados encaminhamentos importantes como visita ao aterro sanitário, visita a hospitais públicos e a realização de um fórum.

O representante do Conselho Estadual de Saúde e membro da Comissão de Saúde da OAB, Marcos Parahyba, falou da importância do Fórum. “Vamos discutir a parte de saneamento básico e limpeza pública, algo que nunca se fala no combate ao Aedes Aegypti, porque como vamos tratar do mosquito, se não temos essa limpeza?”, reflete.

No último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), no dia 18 de agosto, foram confirmados 63 óbitos neste ano devido à Chikungunya. “A nossa ideia é estabelecer metas de resultados e não de ações, para ver se diminuímos o número de casos e o alto índice de óbitos no estado do Ceará”, conclui a membro da Comissão de Saúde, Elaine Bezerra.

Estiveram presentes na reunião: Secretaria de Saúde do Estado do Ceará, o Ministério Público do Estado do Ceará, o Conselho Municipal de Saúde, o Conselho Estadual de Saúde, o Fórum Estadual de Saúde, a Frente Parlamentar de Saúde, e o Controle de Vetores.