NOTA DE REPÚDIO

A Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Ceará e Região Metropolitana de Fortaleza, vêm a público manifestar seu repúdio ao ato de extrema violência contra a sede do Poder Judiciário na Comarca de Maranguape, que na madrugada de hoje (18), teve suas dependências violadas por criminosos que dominaram o segurança daquele prédio, arrombaram salas e armários, além de deixarem as inscrições de uma facção criminosa nas paredes daquele equipamento, numa inaceitável afronta à sociedade e aos poderes constituídos.

Estamos vivenciando um temerário descontrole do Estado nessa delicada questão da segurança pública, o que exige de nós uma postura de cobrança do governo do Ceará por medidas eficazes no combate à criminalidade, sobretudo ao crime organizado que vem, seguidamente, desafiando a todos e expondo a falibilidade de nossas instituições e, consequentemente, a vulnerabilidade de nossa população.

Ao tempo em que hipotecamos solidariedade à advocacia de Maranguape, aos juízes, promotores de Justiça, defensores públicos e servidores daquela Comarca e à população maranguapense, exigimos do governo do Estado e do Poder Judiciário Estadual uma resposta enérgica ao grave vilipêndio imposto pelo crime organizado nesse lastimável episódio.

OAB Ceará
OAB Subsecção Região Metropolitana de Fortaleza