Nota Pública

A Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE) lamenta profundamente a morte da estudante universitária Cecília Rachel Gonçalves Moura, de 23 anos, na noite desta quinta-feira (12/04).

Cecília Raquel foi, infelizmente, mais uma vítima da violência que assola o Estado do Ceará. É triste que os seus sonhos tenham sido interrompidos de forma tão brutal em virtude de um problema social sério e que precisa ser urgentemente enfrentado pelas autoridades cearenses.

A OAB Ceará está ciente da gravidade da atual situação pela qual passa o Estado no que tange a violência, inclusive cobrando por meio de audiências públicas e reuniões com o Governo, medidas urgentes, e enviando relatórios realizados por nossas comissões ligadas ao tema. Relatórios que apontam a realidade da segurança pública no nosso Estado. É urgente uma solução. Quantas Cecílias ainda precisam perder suas vidas?

Nos solidarizamos com a família e amigos da estudante, ao passo que cobramos com veemência a punição dos envolvidos na forma da lei.

A Ordem entende que a construção de uma sociedade justa passa pela garantia e respeito ao Direito Constitucional de ir e vir dos cidadãos, sem a sombra do medo da violência social. A OAB reitera que estará vigilante e acompanhando de perto o desfecho desse caso para que a lei seja efetivamente aplicada, assim como aguarda uma resposta firme, urgente e efetiva do Governo do Estado do Ceará .