Representantes de Comissão da OAB-CE assumem coordenação da Aliança Nacional LGBTI+

Na última quarta-feira (13/06), a presidente da Comissão de Diversidade da OAB Ceará, Vanessa Venâncio, juntamente com a membra da Comissão, Thamires Garcia, e o membro consultivo Ítalo Alves, assumiram o cargo de coordenadores da Aliança Nacional LGBTI+. A organização tem como missão lutar pelos direitos dos gays, das lésbicas, dos bissexuais e dos transgêneros, bem combater a LGBTfobia em âmbito nacional.

De acordo com a presidente da comissão, Vanessa Venâncio, é uma honra pode fazer parte e conseguir juntar forças na garantia dos direitos da população LGBTI+. “A entidade visa promover uma articulação entre o governo, a sociedade civil e o setor privado de forma que os direitos humanos e a dignidade básica LGBTI+ avancem nos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário”, disse.

Na ocasião, foi lançado o Manual de Comunicação LGBTI+, voltado para a cobertura qualificada da mídia. A atividade integra a programação do Curso “Comunicação e Direitos LGBTI+”. O curso visa qualificar o trabalho jornalístico e as produções de comunicação livre para o respeito às orientações sexuais e às identidades de gênero.

A Aliança Nacional LGBTI+ é formada por mais de 17 partidos, com indivíduos militantes e organizações não-governamentais que focam especificamente na causa LGBTI+. A Aliança teve seu registro formal conquistado em 2003, passando a atuar como uma Rede no dia 30 de maio de 2009, inicialmente na forma de uma lista de discussão na internet. No Ceará, ela tem o dever de levar a Plataforma de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBTI+, um documento construído coletivamente, que resume e prioriza as principais pautas do movimento, bem como estuda a implementação de políticas públicas no Executivo e Legislativo.