OAB-CE recebe visita da Corregedoria Itinerante do CFOAB

A nova sede da OAB-CE recebeu, na noite desta quarta-feira (19/09), a corregedoria itinerante do Conselho Federal da Ordem.  A visita teve o objetivo de esclarecer a advocacia sobre as atualizações do novo Código de Ética e Disciplina (CED). Na ocasião, foi ministrada uma palestra aberta ao público sobre as principais atualizações do Novo Código de Ética e Disciplina, com a participação do corregedor-geral e dos corregedores adjuntos do CFOAB. Para ter acesso, clique aqui.

O presidente da OAB-CE, Marcelo Mota, que acompanhou toda a visita técnica avaliou o momento como proveitoso. “Temos trabalhado com celeridade, prontidão e respeito com Código de Ética e Disciplina da OAB Ceará. Esse trabalho prévio técnico realizado no dia de hoje foi importante para colhermos experiência, a fim de implementar ideias e sugestões a nossa seccional”, ressaltou.

O corregedor-geral da OAB Nacional, Marcelo Galvão, explica que existem dois motivos fundamentais que foram importantes para a implantação da corregedoria itinerante. “Nós queremos conhecer a realidade e observar de perto quais são as dificuldades de cada seccional, além de planejar procedimentos cada vez mais adequados para dar uma resposta célere na resolução dos processos disciplinares que envolvem advogados”. Os corregedores adjuntos do CFOAB, Erik Bezerra e Elton Fulber, fazem coro. “Faltam poucos estados para concluirmos toda nossa agenda de visita. Nosso objetivo é ajudar cada seccional a desenvolver e melhorar seus trabalhos com relação à corregedoria”.

Presente no evento, o secretário-geral adjunto e corregedor da OAB Ceará, Fábio Timbó, explica que a visita serviu para aprimorar os trabalhos em busca de encontrar soluções efetivas para que haja a minimização do tempo dos processos. O presidente do Tribunal de Ética e Disciplina, Damasceno Sampaio, comentou que o trabalho de conscientização sobre o Código de Ética Disciplina já vem ocorrendo desde 2015. “Assim que esse novo Código saiu nós começamos a viajar pelo interior e fomos em muitas faculdades de direito faculdades de direito, com o objetivo mesmo de difundir as novas normas desse código”, concluiu.