OAB Ceará empossa nova diretoria para o triênio 2019-2021

Na última terça-feira (01), a sede da OAB Ceará foi palco da solenidade de posse da nova diretoria da Ordem cearense para o triênio 2019-2021. A entidade terá como presidente o advogado Erinaldo Dantas. A diretoria será composta ainda pela vice-presidente Vládia Feitosa; pelo secretário geral, Pedro Bruno Vasconcelos; pelo secretário geral adjunto, David Sombra Peixoto; e o tesoureiro, Rodrigo Mota.

Erinaldo Dantas é o sucessor do advogado Marcelo Mota, que agora ocupará cargo no Conselho Federal. Dantas venceu as eleições com 7.389 votos (50,08% dos votos válidos). “Há anos me preparo para essa missão que inicio hoje. Adquiri experiência e me preparei para esse momento. Sei que é um grande desafio, mas vou encará-lo de frente, pois estou disposto a fazer uma gestão participativa, seria e comprometida. Agradeço aqueles que acreditaram e me confiaram essa missão. O momento é de união. Precisamos juntar forças para a defesa da nossa advocacia e da sociedade. Assim, podemos construir uma OAB de todos”, comenta.

Após solenidade, o novo presidente convocou de imediato todos os conselheiros estaduais empossados para a realização da 1ª Sessão Extraordinária do ano. Um dos assuntos tratados em pauta foi a aprovação da redução da anuidade.

 

CAACE

A Caixa de Assistência dos Advogados (CAACE) terá à frente, como presidente, o advogado Sávio Aguiar, e Lara Gurgel do Amaral como vice-presidente. Como secretário-geral, Gleydson Ramon; o secretário-geral adjunto será Raphael Castelo Branco; e o tesoureiro, Deodato Ramalho Neto.

Para Sávio o momento é de se preparar para o novo desafio na frente da CAACE. “Será um triênio de muito trabalho com muita dedicação e com grande valia para a advocacia. Iremos levar o máximo de serviço inovando e levando benefícios ao advogado da capital e interior”, concluiu.

Conselho Federal

Para o Conselho Federal, foram eleitos os advogados Marcelo Mota, Hélio Leitão e André Costa como membros titulares. Na suplência, André Rodrigues Parente, Alcimor Rocha e Leonardo Vasconcelos.

O ex-presidente e atual conselheiro federal, Marcelo Mota, acredita que a nova gestão será modelar e com expectativas de cada vez mais trazer melhorias à advocacia cearense. “ Foram três de muito trabalho à frente da OAB Ceará e agora como conselheiro federal irei levar a experiência adquirida aqui. Desejo muita sorte e acredito que ele fará um excelente trabalho durante a sua gestão”, ressalta.

 

ESA

A Escola Superior da Advocacia será composta pelo diretor executivo Andrei Aguiar; diretor executivo adjunto Wyllerson Lima; tesoureiro Rafael Maia; ouvidor Raphael Castelo Branco; e os conselheiros Paulo Franco e Bruno Lima.

De acordo com Andrei Aguiar, diretor executivo da ESA, a expectativa para o começo da gestão é implementar curso de pós-graduação, além de cursos práticos. “ Queremos logo de inicio desenvolver alguns projetos como o da incubadora de escritórios, onde iremos trazer grandes profissionais para ministrar aulas, e assim auxiliar o início de grandes escritórios já existentes”, afirma.