OAB Ceará apresenta demandas da advocacia à Corregedoria Geral de Justiça

/OAB Ceará apresenta demandas da advocacia à Corregedoria Geral de Justiça

A OAB Ceará realizou, nesta segunda-feira (3), uma visita institucional ao Corregedor-Geral da Justiça (CGJ), desembargador Teodoro Silva, e ao ouvidor da Corregedoria-Geral, juiz auxiliar Demétrio Saker Neto.

A comitiva, formada pelo presidente da OAB Ceará, Erinaldo Dantas, o diretor de prerrogativas, Márcio Vítor de Albuquerque; e representantes do Centro de Apoio e defesa do advogado e da advocacia, José Navarro (coordenador) e Paulo Oliveira (membro), apresentou propostas e demandas da advocacia com relação à celeridade dos processos, plantão judiciário, audiências de custódia, carência de juízes e servidores no Estado. Também foi proposto o plantão da Central de Cumprimentos de Mandados, a Central de Apoio à Área Criminal – CIAAC, nos fins de semana.

Segundo Erinaldo Dantas, a OAB está atenta às demandas da advocacia e não mede esforços para conquistar melhorias. “Somos os operadores do Direito, portanto precisamos estar em constante articulação com o Tribunal de Justiça do Ceará, corregedoria da Justiça, pleiteando ajustes que resultem em melhor condição de trabalho e garantia de nossas prerrogativas”, destacou.

Durante a reunião, Márcio Vitor revelou a preocupação da OAB com a pequena quantidade de juízes e servidores em Comarcas do interior. “Já recebemos diversas denúncias relatando casos de juízes respondendo por diversas Comarcas. E isso precisa ser melhorado o quanto antes”, disse.

Destaque para a proposta da OAB sobre o funcionamento da CIAAC nos finais de semana. O Corregedor aceitou de forma muito positiva. “O que for para viabilizar a prestação jurisdicional, estaremos dispostos a fazer. O diálogo é sempre importante e a visita dos representantes da OAB foi oportuna para esta discussão”, concluiu.

2019-06-03T19:58:25-03:003 de junho de 2019|