O orçamento da OAB-CE para o exercício de 2012 foi aprovado, por unanimidade, pelo Conselho Seccional da entidade. O propósito é aproximar o orçamento da realidade financeira da Ordem, tanto em termos de arrecadação como despesas.As Subsecções foram contempladas com aumento de 10%, representando não só a correção monetária do período como ganho real. Segundo o tesoureiro da Ordem, Christiano Alencar, o objetivo é, paulatinamente, garantir uma maior autonomia ao Interior do Estado. Ressalta que, neste ano, já havia sido concedido um aumento de 100% para quase todas as Subsecções.

 
Igualmente foram assegurados recursos para a estruturação de novas Salas do Advogado na Justiça do Trabalho, na Justiça Federal, ambas na Capital, bem como novas salas em todas as regiões no Interior do Ceará. “Em que pese à atual gestão já ter inaugurado mais de 30 salas por todo o Estado, além de uma excelente estrutura no Fórum Clóvis Beviláqua, muito há de ser feito, principalmente na Justiça do Trabalho, Federal e, por todo o Interior, que ainda apresenta muitas carências de infraestrutura”, ressalta Christiano Alencar.