O momento de receber a tão sonhada vermelhinha da OAB Ceará aconteceu para 64 advogados e advogadas aprovados no Exame de Ordem. A solenidade aconteceu na segunda-feira (25), onde foram apresentados os serviços prestados pela OAB, como a efetividade dos processos eletrônicos e a atuação das comissões temáticas.

No ensejo, o presidente da OAB-CE, Erinaldo Dantas, realizou uma homenagem ao advogado Antônio Cézar Alves Ferreira. Escolhido como patrono da solenidade, o advogado atua há mais de 30 anos e, mesmo com os desafios enfrentados durante sua carreira, sente-se feliz e lisonjeado em exercer essa profissão. “Ontem e hoje eu me sinto feliz e recompensado na advocacia. É um orgulho exercer uma profissão tão sensível como que requer zelo e paciência. O advogado deve sempre prezar por uma defesa técnica, escrita e uma boa sustentação oral nos tribunais, a advocacia é o encontro de uma confiança que se entrega a uma consciência. Por isso, paciência que a colheita virá; mas primeiro plantem, para depois colherem os frutos na época apropriada. Por fim, parabenizo a todos por receberem suas identidades profissionais, essa alegria única”, comentou.

O Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB Nacional e Conselheiro Federal da OAB-CE, Hélio Leitão, destacou sobre a rica profissão que é a advocacia. “Nessa manhã, a OAB retoma em grande estilo à uma simbólica homenagem de patronos de turmas. Assim, conseguimos exemplificar as grandes experiências de advogados gabaritados em nosso Estado, servindo como base para vocês, jovens, que adentram aos quadros de nossa gloriosa instituição. A advocacia não é apenas uma profissão liberal, ou um modo digno de ganhar a vida, nossa atividade se faz em face do Estado. Lembrem-se, a caminha não termina aqui, ela só começa”, ressaltou.

Em discurso, Erinaldo Dantas, presidente da OAB-CE, também salientou sobre a luta da Ordem em prol da classe. “Aqui, na OAB do Ceará, já passamos dos 30 mil advogados ativos. Estamos diuturnamente trabalhando para vocês, viabilizando a manutenção de nossas atividades profissionais, bem como, lutando por melhorias efetivas. De antemão, peço para que conheçam a OAB, essa é a casa de vocês, e estaremos sempre de portas abertas para o que precisarem”, salientou.

Na ocasião, Sávio Aguiar, Presidente da Caixa de Assistência aos Advogados do Ceará (CAACE), apresentou os serviços e benefícios oferecidos pela Caixa à classe. Já o presidente da Escola Superior de Advocacia (ESA), Andrei Aguiar, contou sobre o trabalho desenvolvido pela Escola e reforçou a importância de dar esse suporte acadêmico e intelectual para a advocacia.

Compuseram a mesa: O presidente da OAB Ceará, Erinaldo Dantas; Reno Feitosa, presidente da Subsecção do Crato; presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB Nacional e Conselheiro Federal da OAB/CE, Hélio Leitão; o conselheiro estadual da OAB-CE, Roberto Vieira; o presidente da Escola Superior de Advocacia do Ceará (ESA-CE), Andrei Aguiar; Sávio Aguiar e Deodato Ramalho, presidente e tesoureiro da Caixa de Assistência dos Advogados do Ceará (CAACE); professor universitário, Gustavo Brígido; e o advogado, Waldir Xavier.