A Comissão de Direito do Trabalho da OAB-CE, em audiência pública realizada nesta quinta-feira, 13, na sede da Ordem alencarina, obteve ganhos significativos no atendimento aos colegas que utilizam os serviços da Agência da CEF, Fórum Autran Nunes. Participaram do evento representantes da Caixa Econômica Federal, presidentes das Comissões de Defesa do Consumidor, Defesa às Prerrogativas e Acesso à Justiça da OAB-CE, diretorias da Associação dos Advogados Trabalhistas do Estado do Ceará (Atrace), do Instituto de Estudos Trabalhistas e Socais do Ceará (INETRA), vice-presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Ceará (CAACE), bem como com a maciça presença da advocacia trabalhista.

Entre várias melhorias obtidas durante a audiência pública, a mais expressiva consiste na devolução de caixa exclusivo para atendimento da advocacia. O caixa exclusivo será disponibilizado a partir da próxima segunda-feira, inicialmente, apenas no período da tarde, das 12h às 16h. Se dará por ordem de chegada, através de senhas e com limite de três alvarás por advogado.

A Agência Autran Nunes acertou, ainda, que haverá limitação de atendimento de demandas de natureza diversa às trabalhistas, de forma a priorizar aquelas umbilicalmente ligadas à advocacia daquele Fórum. O advento de um gerente especializado em grandes fluxos e de um supervisor de atendimento para alvarás também ajudará na celeridade dos serviços prestados.

A mesa de negociações não foi encerrada pela presidente da Comissão de Direito do Trabalho da OAB-CE, Katianne Wirna, nem pelo presidente da Atrace, Marcelo Pinheiro, e representantes da Caixa Econômica Federal. O debate por melhorias será permanente, até que o atendimento por posto exclusivo para a militância seja restabelecido.

De acordo com Katianne Wirna, “o restabelecimento de caixa exclusivo para a advocacia naquela agência deve ser comemorada pela militância, pois evitará a vexatória espera de quase quatro horas em filas. O “aguardar” volta a ser somente entre colegas, o que já restabelece parte expressiva da dignidade que nos foi suprimida no ato de levantamento de alvarás. Não é o ideal, ante o aumento de demanda e clientela daquela agência, mas já consiste em um avanço. A Comissão vai acompanhar de perto todas as tratativas de melhorias nos serviços.”

O presidente da Atrace elogiou a postura da Comissão de Direito do Trabalho, enfatizando que está otimista na solução das questões que afligem a militância do Fórum Autran Nunes, uma vez que no seu sentir, a advocacia passa a andar coesa no propósito de fortalecimento e valorização. Informa, ainda, que a Associação continuará na luta por atendimento no posto da CEF, localizado no Prédio Dom Hélder Câmara.