O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT-CE) instalou nesta quinta-feira, 1º de agosto, o Processo Judicial Eletrônico (PJe-JT) na Vara do Trabalho de Baturité. O município passa a ser a 26ª unidade cearense a receber processos exclusivamente por meio eletrônico.

A solenidade reuniu autoridades locais e membros da comunidade jurídica cearense, incluindo a presidente do TRT-CE, desembargadora Roseli Alencar. Segundo a presidente, o processo eletrônico “é uma ferramenta que traz muitos benefícios para a celeridade processual, gerando economia de tempo e recursos, facilitando o acesso à Justiça”.

A presidente do TRT-CE também adiantou que a meta do Tribunal é de que, até o fim do ano, todas as varas do trabalho do Estado passem a contar com o PJe.

A vara do trabalho de Baturité engloba outros 11 municípios em sua jurisdição: Acarape, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Capistrano, Guaramiranga, Mulungu, Ocara, Pacoti, Palmácia e Redenção.

O presidente da Subseção da Região Metropolitana de Fortaleza, Raphael Mota, representou a OAB-CE no evento e cobrou uma atenção especial para o processo de transição dos processos físicos para os virtuais. “Levando em conta as dificuldades para obter acesso à internet na região e a pouca familiaridade dos jurisdicionados com a nova tecnologia, recomendamos que todas as partes envolvidas nos processos também recebam cópias das petições iniciais, facilitando o acompanhamento da tramitação”, declarou.