Precarização do atendimento pediátrico é pauta de audiência pública

Nesta sexta-feira (29/06), a OAB Ceará, por meio da Comissão de Saúde, realizará uma audiência pública, a partir das 9h, na sede da Ordem, com o tema “Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente: A Precarização do Atendimento Pediátrico na Atenção Primária, Secundária e Terciária no Município de Fortaleza”.

A sessão irá abordar a atual situação de saúde pública do Estado e Município, que, de acordo com a Comissão, encontra-se em uma situação de desabastecimento das unidades básicas de saúde, além da falta de profissionais médicos locados nessas unidades. Outro fator importante que será debatido é a falta de profissionais nos hospitais secundários “Gonzaguinhas e Frotinhas”.

Segundo o presidente da Comissão de Saúde, Ricardo Madeiro, a precarização do atendimento pediátrico está afetando os setores de saúde, trazendo problemas irreversíveis e podendo ocasionar danos, sequelas e/ou mortes em pacientes por falta de leitos. “A situação é crítica também em outros hospitais, como no Hospital Nossa Senhora da Conceição, que está fechando o serviço de pediatria. Além disso, ocorre a superlotação de hospitais terciários como no Hospital Infantil Albert Sabin, fazendo com que este perca o seu perfil de oferta de leitos para pacientes com doenças de alta complexidade”, ressalta.

Ainda de acordo com o advogado e presidente da Comissão, o Hospital Infantil Albert Sabin está com 40 pacientes acomodados em corretores, sendo muitos deles com perfil de baixa complexidade, ou seja, que deveriam estar sendo tratados nos Gonzaguinhas e Frotinhas. Além disso, o hospital tem a presença de cinco pacientes acomodados na observação em respiração mecânica, onde deveriam estar acomodados em UTI´s. Para Ricardo, esse tipo de problema reflete no atendimento. “ A ineficiência de hospitais primários e secundários de saúde acarretam e refletem duramente na qualidade do atendimento do hospital terciário”, afirma.

A Ordem dos Advogados do Ceará convocou os órgãos responsáveis pela saúde do Estado e Município, Ministério Público, entidades da classe de saúde, Conselho Municipal e Estadual e Saúde, entre outros.

Serviço:
Audiência Pública – “Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente”
Local: Sede da AOB Ceará- Rua: Lívio Barreto, nº668
Horário: a partir das 9h