OAB-CE homenageia Ernando Uchoa

As homenagens nunca serão suficientes para celebrar uma das figuras mais ilustres do Direito cearense que completa, hoje, 80 anos. Francisco Ernando Uchoa Lima (OAB 905) foi presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil.  Antes disso, presidiu a OAB-CE nos biênios: 1989/1991 e 1991/1993. Fez história na entidade, passando pelo Conselho Seccional da OAB Ceará, membro da Comissão de Direitos Humanos, foi Conselheiro Federal, em 1993, quando foi eleito vice-presidente do Conselho Federal.  Agraciado com várias medalhas.

No Direito, ele se formou pela Universidade Federal do Ceará, em 1959. Escolheu a área criminal para atuar. Concluiu curso de Pós-Graduação na área de Criminologia. É também Bacharel e Licenciado em Filosofia pela então Faculdade Católica de Filosofia do Ceará. Por possuir, desde sempre, o dom da palavra, foi orador oficial de todos os cursos que concluiu, quer secundários, quer superiores.

Afeito às causas políticas, militou na luta estudantil. Foi líder, integrando as diretorias do Centro Estudantil Cearense, da União Brasileira dos Estudantes Secundários (UBEs), do Centro Acadêmico Clóvis Beviláqua, da Faculdade de Direito da UFC, do Centro Acadêmico São Tomás de Aquino, da antiga Faculdade Católica de Filosofia do Ceará, da União Estadual dos Estudantes (UEE) e da União Nacional dos Estudantes. É ex- Presidente do Departamento Estudantil e do Diretório Municipal de Fortaleza da extinta União Democrática Nacional (UDN). Integrou, ainda, o Diretório Estadual e o Conselho Regional e a Executiva do mencionado Partido.

Nesse caminho da política, chegou a ser Senador da República, Secretário de Cultura do Estado do Ceará nos Governos César Cals de Oliveira e Adauto Bezerra e Secretário de Justiça no Governo Gonzaga Mota. Foi, ainda, Secretário de Educação e Cultura do Município de Fortaleza nos Governos Murilo Borges e José Walter, e presidente do Conselho Estadual de Cultura, do Conselho de Educação do Ceará.  Na vida profissional também passou por outras áreas. Foi ex-Secretário do extinto Centro de Estudos de Defesa do Petróleo e da Economia Nacional.

Com as palavras sempre soube lidar. Foi autor de algumas obras, como “A Palavra e Vento”, Ação Democrática e Ideias”; e “Perfis”. A OAB-CE presta homenagem a este grande homem que trabalhou pela entidade com tanto afinco.